terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Um-do-li-tá...




Que escolha difícil, difícil, difícil...que desgraça, se todas as decisões na vida fossem assim.
Belíssima série, este True Blood.

5 comentários:

José disse...

Não acredito que o Eric seja tipo que necessitasse de rapar os pelos todos. Já me lixou as contas. Podias era ter posto uma foto do Bill em que ele estivesse limpinho, carambas.

ecila disse...

Ai Eric, Eric...grande série!

Rita F. disse...

Pois é, Zé, mas do Vampire Bill não há fotos assim, sabes porquê? Porque ele não anda para aí a rapar-se. Tens de reconsiderar as tuas opções. :)

Ecila, tu és team Eric? Eu sou muito team Bill. Uma gentileza de cavalheiro. Mesmo a morder o pescoço às pessoas é cavalheiro até ao fim.

José disse...

Quando disse «limpinho», referia-me aquela gota de sangue a escorrer pela boca, e não «limpinho» como está o Eric, nesta foto. Eheh. Ainda bem que ele na série não se despe. É que fica melhor vestido, parece-me.

ecila disse...

Rita F., também prefiro gentilezas de cavalheiros (desde que genuínos como no caso do Bill) e tudo isso, mas se o Alexander Skarsgård (adoro também o nome) fizesse o papel do Bill as coisas seriam menos confusas ;-)