sábado, 18 de dezembro de 2010

Iniciativa: Palavra e/ou Expressão de Sempre da Língua Portuguesa (ou pelo menos dos últimos 10 anos, isto é, de 2000 a 2010 - da década, vá)

A meu ver, o Natal pede iniciativas. Muitas iniciativas. Além disso, um blogue em geral pede passatempos e este ainda não teve nenhum. Da conjunção destes factores, nasce a ideia que aqui venho propor e que se assemelha à votação para Palavra do Ano de 2010 que a Porto Editora está a organizar (ir ao site da infopedia se quiserem votar, faxavôr). 
A minha proposta, ainda que de natureza similar, como já referi, é porém de índole diferente. E porquê? Porque o que eu proponho é votar na Palavra e/ou Expressão de Sempre da Língua Portuguesa (ou pelo menos dos últimos 10 anos, isto é, de 2000 a 2010 - da década, vá). Tem mais graça. Porém, e antes de procedermos à votação, teremos primeiro de encetar esforços para seleccionar as 10 palavras  ou expressões que devem figurar na lista. Aceitam-se propostas. Vou deixar aqui algumas, e se houver por aí gente que não tenha mais nada do que fazer nem em que pensar, como eu, ficam a saber que são o meu estilo de pessoa e pumba, é deixar sugestão na caixa de comentários. Eu, se conseguir esperteza para isso, depois ponho uma daquelas votações numa coluna à direita,como às vezes se vê em certos blogues (mas primeiro tenho de aprender como isso se faz).
As minhas sugestões são, assim de cabeça e sujeitas a alteração:
desenxabido
fazer espécie
deus-dará
compilação
Não me lembro de mais, mas daqui a bocado talvez me lembre de mais qualquer coisa. Quem quiser ajudar, já sabe o que tem de fazer.

11 comentários:

masquediabo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
masquediabo disse...

escaganifobético

Wiwia disse...

Ensimesmado. Pulular. Pior que o deus-me-livre.

josépacheco disse...

provocação (como em: «atenção, que isto que vou dizer é uma simples provocação»); à séria; aposta (como em: «uma aposta no futuro», blaaaargh!)

josépacheco disse...

e que tal o inevitável «é assim» com que se introduz mesmo o mais desimportante dos discursos?

lenor disse...

Está-me cá a fazer espécie escolher nesta compilação uma palavra desenxabida que depois há-de ficar ao deus-dará.
Rita, só tu! :)

invisivel disse...

Enxofranso (ser pulverizado com algo mau; ex-" A palestra foi um enxofranso!!").
Estaleca

josépacheco disse...

parceria;
suposto (como em: «não é suposto ser assim?»; esta é muito boa, confessem...);
empreendedorismo (também tenho imensa fé nesta);
desafios da modernidade.

Compadre disse...

Eis um desafio de alto gabarito que exige lucubração a nível transversal, em que só alguém pro-activo pode ser assertivo o suficiente para pôr o foco na coisa, de forma a alavancar vontades que agilizem cenas de impactar o pessoal e de deixar cair a ficha. Embora respeite muito o desenxabido, faz-me espécie ver a compilação ao deus-dará. E, sem jactância, ouso dar relevo a pérolas deixadas ao olvido como obnóxio, cabala, achar por bem, fazer de conta e ver com olhos de ver o putativo quiproquó... Ah, que belo mistifório!...

Rita F. disse...

:D
Lindo!
Já temos aqui um manancial belíssimo para uma grande compilação.
Vamos esperar mais uns diazitos e depois procede-se à dita votação. Uma coisa épica.

Anónimo disse...

Promover eventos em espaços. Interessantes.
Ana Patrício