segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Palavra da semana que me intriga: "mica"

"Pede-se aos utentes para deixarem os boletins de vacinas nas micas numeradas"
"Preciso de pôr estes documentos numa mica, que é para não os perder"
"Porque é que não pões as folhas naqueles dossiers com micas, que é para não se dobrarem?"
De todas as bizarrias exuberantes da língua portuguesa, esta é com certeza das mais feias e das mais cómicas. Mica. Mica. Mas quem é que se lembrou disto? Qual era o problema de dizer "folha plastificada", por exemplo, que sempre tem alguma dignidade, por pouca que seja? Agora "mica" é coisa sem dignidade nenhuma, sem ponta por onde se lhe pegue, parece sinónimo de palavras ao nível de "caganita" que, como sabemos e bem, são de enxovalho. Mica. Alguém percebe isto? Eu não, e duvido que um dicionário etimológico me vá ajudar nesta problemática - é uma sensação que eu tenho, que não vai ajudar.
Ai, agora vou ali que preciso de comprar umas micas. Umas micas. Não percebo isto. 
Mica. Quase tão estranho como "cunhado". Acho "cunhado" uma palavra estranhíssima, parece que se está a falar de um mafioso - "ah, eu e o meu cunhado arranjámos um negóciozito, comprámos umas casitas", sei lá, parece que se está envolvido numa associação manhosa em que "cunhado" é um título hierárquico. "Eh pá, agora vou ali de férias com a minha mulher e o meu cunhado e a mulher dele" - soa tão manhoso. A culpa não é de quem tem cunhados e tem de usar o duvidoso vocábulo, evidentemente. Mas é palavra a evitar. 
Realmente, a língua portuguesa é um esplendor, mas não é feliz no que respeita a designações de parentesco - genro, nora, sogro, "cunhado", etc. Raramente se ouvem palavras mais feias.
À excepção de "mica". Mica.

6 comentários:

mica levi é bom disse...

ortónimo fem. judaico, em português vem do latim "brilhar".

Rita Maria disse...

Eu sempre lhes chamei bolsas ou capas de plástico e achava que mica era uma marca (como as pessoas que dizem kleenex em vez de lenço de papel), mas o Ciberdúvidas diz este "mica" vem do mineral "mica".

éle disse...

Olha que há pior: cônjuge. :D

Rita F. disse...

Obrigada pela etimologia. :)
É verdade, "cônjuge" é medonho... a palavra, não o conceito, bem entendido.

pedro b disse...

sempre que alguém se refere a essas bolsas de plástico como mica, eu respondo com: feldspato (também por si só uma palavra muito bonita).
no meu tempo de escola, os professores denominavam essas mesmas bolsas como "pijaminhas". cheira-me que lhe davam esse nome porque a palvra "camisinha" já estava ocupada com outro significado.

Fado Alexandrino disse...

O granito é composto por quartzo, feldspato e mica e daí chamar-se mica aquelas coisinhas pois têm o mesmo aspecto da mesma.
Como é que eu sei isto?
Porque tínhamos que o aprender no liceu até ao quinto ano juntamente com as estações da linha da Beira Alta e mais coisas interessantes.