segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Nesquick

Já escrevi em tempos sobre Ovomaltine. É a minha bebida achocolatada preferida de sempre, a seguir ao Milo, mas como já não há Milo, é Ovomaltine.
Lamentavelmente, deixei de adquirir e consumir Ovomaltine porque, em minha casa, aquilo desaparecia a uma tal velocidade que me assustava. Era como se eu estivesse possuída por um instinto malévolo e incontrolável que me punha a beber leite com colheradas e colheradas de Ovomaltine até rapar copo e tudo.
De modo que mudei para o Nesquick. Sabe bem, mas não tão bem como Ovomaltine, e portanto consigo moderar mais. Assim, a pergunta que aqui me traz esta noite é: serei a única pessoa em idade balzaquiana, provecta, idosa ou de meia-idade, como queiram chamar, que consegue passar sem café de manhã, mas não consegue passar sem leite com Nesquick, docinho e a saber a chocolate? O café, para mim, é só a seguir, e pequeno-almoço que não inclua leite achocolatado não tem graça nenhuma.
Isto faz-me lembrar aquelas coisas que eu pensava que se iam transformar radicalmente na idade adulta, mas não transformaram - gosto muito de café, mas não o prefiro magicamente ao Nesquick; bebo vinho, mas não o prefiro imperativamente à Coca-Cola (sacrilégio, eu sei); consigo dormir no escuro, mas se houver uma luzinha de presença, durmo mais descansada. As coisas não mudam assim sem mais nem menos só porque se passou a ter uma certa idade.
Se houver outros como eu, identifiquem-se. Gostava de experimentar o chamado "sense of belonging", agora não estou para tentar traduzir e deixo assim, piroso.
Pronto.

12 comentários:

Olívia Palito disse...

Ovomaltine... As saudades daquele sabor tão maravilhoso. Para mim, o melhor chocolate em pó. :)

Espiral disse...

lol, para quem é viciado em chocolate ovomaltine sabia muito a pouco. Experimentem o novo chocolate em pó da Nestle. Isso sim =)

Carlos Cruz disse...

Eu ainda gosto de rapazinhos de 12 anos como quando tinha 12 anos. E de Nesquick.

Tolan disse...

Rita, só para não entrares em pânico, fui eu que fiz o comentário acima ih ih
eu nem leite posso beber :1

purpurina disse...

nesquick é horrível. acho que é por ter canela - o que é surpreendente porque canela, noz moscada e coentros são os melhores sabores do mundo.

chocolate para leite a sério era o coqui. mmmmmmmmm...

B. disse...

Há aqui outros como tu...Nesquik e Coca-Cola...my favorites!!

Mónica disse...

Quando cresci troquei o leite com chocolate por leite com café (porque diziam que o chocolate fazia borbulhas...) e nunca mais voltei ao primeiro.

No entanto, no que toca aos cereais, continuo a adorar Nestum Arroz e Nestum Figo (este último foi, entretanto, retirado do mercado porque "não tinha procura suficiente" - Nestlé dixit).

Também adoro (desde miúda), Pensal com Cacau - que foi o meu pequeno almoço hoje!

Rita F. disse...

Obrigada por todos os comentários. É bom saber que o leite achocolatado tem adeptos com mais de 12 anos.

Pensal Cacau - adoro também, ah ah! Nestum é que só gosto do de chocolate, mas em termos de papa, para mim não há nada que bata o cheirinho da Cerelac. Ah, coisa boa. Sou mesmo muito infantil.

Tolan, assustaste-me e bem. :)

Fado Alexandrino disse...

Em miúdo faziam-me comer pratadas de Farinha Amparo o que não valeu de nada porque nunca consegui ser forte.
Até havia outra ainda pior a 33 que tinha um Tarzan como marca.
Nunca mais pude ver perto de mim nada que se parecesse com aquilo chame-se lá como se chamar.
Quando me voltar a casar no contrato pré-nupcial há-de estar escrito que se ela gostar daquilo tem que abdicar.

zozô disse...

Rita, ainda bem que escreveste este post, serve de terapia de grupo :) Eu bebo todos os dias leite com Nesquick e também sou frequente consumidora de Nestum Mel. Pronto. Já disse. ;)

dorean paxorales disse...

obrigado por me fazer lembrar do milo (que ainda existe fora de portugal). nestum com mel e cerelac (sempre com leite!), e tudo o mais.
chama-se "pertença", e não é tradução.
cheers,
dp

Bluebluesky disse...

Guilty :-)